Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2006

Porque...

porque.jpg


(Imagem recolhida na Internet)


Porque...


 


Porque até nas nossas horas de Felicidade


Há um misto de uma tristeza incerta


E uma alegria que do nosso coração deserta


Para os doces tempos da nossa mocidade


 


Ser completamente Feliz não é possível


Atingida esta idade adulta e mais madura


Pois há uma saudade infinita que perdura


Em dor estranha, mórbida e invisível


 


Saudade dos tempos sem consequência


Dos primeiros beijos numa amada


Que teima em permanecer ancorada


 


Como que em recôndita e inevitável demência


Feita de ternura e olhares de impaciência


Na nossa adolescência já passada!


 


Poema escrito a 4 de Janeiro de 2006


publicado por Paulo César às 15:16
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|
5 comentários:
De Cobarde a 5 de Janeiro de 2006 às 12:20
querido Paulo...
a vida está repleta de momentos bons e maus. Vamos com esses momentos nso construindo,amadurecendo e ficando cada vez com mais recordações.
Ser feliz de um modo completo também não acredito que seja posivel. Eu acredito sim no estar feliz,nos pequenso momentos de felicidade que vviemso ao longo da nossa vida...
beijo na tua soul***Paula
(http://www.mysoul.no.sapo.pt)
(mailto:soniamargaridabraz@hotmail.com)
De Cobarde a 5 de Janeiro de 2006 às 02:02
OIIIIIIIIII MIGUINHO
LINDO POEMA...É BOM TER SAUDADE QUANDO ELA´´E GOSTOSA...
ANDO NA CORRERIA RSSS
E JÁ TÔ INDO
BJ EM TEU CORAÇÃO E FICA BEMtuxa
(http://tuxa.zip.net)
(mailto:tuxinha@hotmail.com)
De Cobarde a 4 de Janeiro de 2006 às 22:30
Olá meu amigo. Espero que tenhas começado o Ano com o pé direito. Quero agradecer-te o apoio que me tens dado, tens sido um amigo **********
sabes que adoro tudo o que escreves e adorei o post "Grato", uma homenagem e tanto. BeijosAngela
(http://anjodourado.blogs.sapo.pt)
(mailto:angel.azevedo.kalee@hotmail.com)
De Cobarde a 4 de Janeiro de 2006 às 22:30
Olá meu amigo. Espero que tenhas começado o Ano com o pé direito. Quero agradecer-te o apoio que me tens dado, tens sido um amigo **********
sabes que adoro tudo o que escreves e adorei o post "Grato", uma homenagem e tanto. BeijosAngela
(http://anjodourado.blogs.sapo.pt)
(mailto:angel.azevedo.kalee@hotmail.com)
De Cobarde a 4 de Janeiro de 2006 às 22:23
Belas palavras que chegam da Madeira, que saudades da "parreira" tão boas as espetadas, á!!!!! o pão do caco, caramba é como beijar uma mulher, um abraço...Juda
(http://osaldanossapele.blogs.sapo.pt)
(mailto:juda-ben-hur@sapo.pt)

Ah sim? Pois escreve aqui

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds