Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

MAIS UM ANJO QUE VELA POR MIM

Mais um Anjo que vela Por mim

 

Para onde é que fica Lisboa?

Acho que é melhor perguntar

Perguntar? Mas assim à toa?

Então não queremos lá chegar?

 

Meu Amor de Querida Amiga

Partiste, voaste e o que é que foi?!!

Deixaste-me só nesta velha briga

E isso não se faz porque me doi!

 

Velha Companheira sem rival

Tudo para ti sempre estava bem

Eu sei que tudo isto parece trivial

 

Mas quis-te como se quer a uma Mãe

A uma Irmã e o Amor era tal

Que hoje eu já não sou ninguém!

 

Homenagem de um tolo a uma Grande Amiga, a Vera, que com um grande sentido de humor quis estragar-me a festa de anos partindo rumo ao Paraíso!

Grande Vera que foste à tua maneira!

PORQUÊ MINHA GRANDE AMIGA???!!!

20 de Junho de 2007

tags:
publicado por Paulo César às 21:04
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | O que já disseram (2) | favorito
|

52 Anos de Vida e 35 de Amor

35 Anos

 

Meu maior Amor és só tu

Mulher única da minha vida

Meu Maior Amor és tu Milú

Minha pequenina muito Querida

 

Meu corpo só a ti deseja

E Minha Alma ama-te com ternura

E quando a minha boca te beija

A Minha mente conhece a loucura!

 

Neste Dia Nosso tão especial

E em que faz anos o teu Amor

Desejo-te uma Felicidade Igual

 

Em Alegria, juventude e cor

Àquela que em frente ao Choupal

Tiveste um dia com tanto ardor!

 

20 de Junho de 2007

Um Beijo apaixonado do teu

Paulo César

publicado por Paulo César às 09:14
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | O que já disseram (1) | favorito
|
Sábado, 9 de Junho de 2007

Reza Comigo

Reza Comigo

 

Senhora que sempre acodes ao aflito

Ouve a minha prece sem desespero

Que eu não choro, não brigo e não grito

Apenas confiante silenciosamente espero

 

Bom Jesus que todos os Milagres Operas

Vinde em meu Auxílio Meu Senhor

Meu Irmão que em Ti crê deveras

Espera de Ti o Sinal do Teu Amor!

 

Lúcia, Francisco e Jacinta pequenina

E Espírito Santo que me Iluminas

Dai-nos a vossa cura divina

 

Tu Deus Pai que tudo ensinas

Afasta a dor da nossa pobre sina

E cobrei-nos de alívio em sedas finas!

 

9 de Junho de 2007

publicado por Paulo César às 22:59
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | O que já disseram (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds