Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2005

Miragem


arcotriunfal.jpg


(Imagem recolhida na Internet)


Miragem


 


Insinuam-se-me formas arredondadas


Aromas quentes e inebriantes


Cores vivas de vários cambiantes


No caminho das minhas lentas passadas


 


Mulher que desconheço mas gosto


De ver passar dengosa pela rua


Que de tão bela é toda sua


E de mais ninguém eu aposto


 


Imagino noite a dois inconsequente


E quedo assim num olhar presente


De sonho febril e de desejo


 


Passou e a rua agora dela ausente


Deixa no ar um breve ensejo


De lhe poder ter roubado um beijo


 


Poema escrito a 7 de Dezembro de 2005



 
publicado por Paulo César às 10:30
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|
9 comentários:
De Cobarde a 9 de Dezembro de 2005 às 22:08
A arte da sedução...a atenção virada para o desconhecido....o perspectivar um sonho, uma relação, um desejo, uma mulher perfeita. Gostei! Acontece a todos nós...um beijo.Mocho
(http://barrocodomocho.blogs.sapo.pt)
(mailto:mvilamoura@sapo.pt)
De Cobarde a 9 de Dezembro de 2005 às 10:44
Muito bela a poesia de hoje à volta do desejo de um beijo que não foi roubado, mas sonhado! Beijo Maria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De Cobarde a 8 de Dezembro de 2005 às 23:33
Participem e comentem nesta comunidade portista... uma comunidade que esta em crescimento, seja portista ou não importa e participar...

Forum FCP: http://www.setbb.com/phpbb/fcp.html
Rui Guedes
</a>
(mailto:Rui_Guedes@netcabo.pt)
De Cobarde a 8 de Dezembro de 2005 às 22:29
Bonitas palavras inspiradas no desconhecido.
Beijinhos grandes Paulo kaldinhas
(http://kaldinhas1.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)
De Cobarde a 8 de Dezembro de 2005 às 11:55
Por vezes é mais agradável ficar na memória um beijo que não foi e que nos encheu de desejo, do que dá-lo e esquecê-lo no dia seguinte. beijinhosCrazy Li
(http://tentativa.blogs.sapo.pt)
(mailto:crazy_li@netcabo.pt)
De Cobarde a 8 de Dezembro de 2005 às 00:10
Pedi-te um beijo, tu não mo querias dar, roubei-te dois, agora vai te queixar... um abraço...Juda
(http://osaldanossapele.blogs.sapo.pt)
(mailto:juda-ben-hur@sapo.pt)
De Cobarde a 7 de Dezembro de 2005 às 20:10
Miragens existem de todas as formas. Mais um belo poema que escreves-te. Bom feriado, BjsCélia
(http://celia.blogs.sapo.pt)
(mailto:celiaclaro_7@msn.com)
De Cobarde a 7 de Dezembro de 2005 às 11:52
Oi meu amigo, estive afastado por motivos de saude, mas agora estou de volta e q bela poesia a sua, gostei bastante.
abraçostaliesin
(http://caronte.anjosoft.com.br)
(mailto:taliesin@it.st)
De Cobarde a 7 de Dezembro de 2005 às 11:28
Nunca é tarde para "roubar" um beijo, seja de noite ou de dia ** Continuação de um excelente dia para ti poeta, beijo**oteudoceolhar
(http://oteudocoelhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:joanstar@sapo.pt)

Ah sim? Pois escreve aqui

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds