Quinta-feira, 24 de Novembro de 2005

Bebendo Lágrimas

lagrima.jpg


(Imagem recolhida na Internet)


Bebendo Lágrimas


 


Eu sei, tu precisas de muita atenção


Muitos cuidados muito carinho


E vens até aqui ao meu cantinho


Procurando uma boa emoção


 


Não te desiludo e te dou o que  sou


Marido, Amigo e demente amante


Que te ama neste mesmo instante


Como nunca ninguém te amou


 


Vieste aqui por curiosidade vã


Com medo é pézinhos de lã


E encontras-me afinal tão igual


 


Mais ruga menos ruga e muita cã


Mas o mesmo que é teu tal e qual


E que te bebe essa lágrima de sal


 


Poema escrito a 24 de Novembro de 2005


 

publicado por Paulo César às 21:40
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|
8 comentários:
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 13:51
O sal tem destas coisas, gostei de ler, um abraço...Juda
(http://osaldanossapele.blogs.sapo.pt)
(mailto:juda-ben-hur@sapo.pt)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 12:23
Nunca mais digo adeus... prometo! Se o disser dá-me umas valentes palmadas. Identifiquei-me muito com este teu poema, parece que por vezes lês o que me vai na alma. Um grande beijo na tua e obrigada por seres o amigo que és. :) Maggie
(http://undressmysoul.blogs.sapo.pt)
(mailto:aynhoa_@hotmail.com)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 12:18
Bela homenagem ao amor verdadeiro.
Folgo em saber que o vives intensamente com essa mulher que amas.
Um amor tão forte e genuíno que não se altera com o passar dos anos, com o desmorecer da juventude, mas que,eplo contrário,cresce com o passar dos minutos,horas,dias,anos...tudo de bom para ti Paulo!
beijos na tua soul***Paula
(http://www.mysoul.no.sapo.pt)
(mailto:mysoul_05@hotmail.com)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 12:11
Olá, doce Paulo! A tua forma de escrever poesia me encanta, pois é toda ela sentimento verdadeiro, isso dá para perceber. Feliz daquela a quem bebes as lágrimas de sal!... Beijo.Perola
(http://reencontro.blogs.sapo.pt)
(mailto:tsciza@sapo.pt)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 10:51
Hoje não comento...dou-te um beijo por cada lágrima que bebes... BeijinhosMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 10:51
Porque será que também sinto as tuas palavras como se fossem para mim?:) Acho que deve ser um sentimento geral, não?? ;)
Está muito bonito seja ele quem for o destinatário...um beijo grande e se não nos "vermos" por aqui um excelente fim de semana. Beijo n´oteudoceolhar ****oteudoceolhar
(http://oteudoceolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:joanstar@sapo.pt)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 09:08
Desculpa-me de não comentar o teu poema de lágrimas porque o que me traz cá hoje é mais alegre... Venho reponder ao teu comentário. Já tinha estranhado os beijos que me tinhas mandado. Mantendo no meu silêncio tinha imaginado que poderia ser um gosto teu mais caloroso de me cumprimentar, mas reconheço que me incomodava um pouco. Depois de ler o comentário entendi a tua confusão e realmente sorri... De facto PDivulg não é nem mais do que P (Paulo) Divulg (que divulga) pronto... Sou homem e careca ainda por cima!!
Pronto toda a verdade revelada! :-) Espero continuar a ter a tuas visitas que pelo meu lado também o farei!
Um abraço e bom fim de semana!PDivulg
(http://www.lacosazuis.blogs.sapo.pt)
(mailto:pdivulg@sapo.pt)
De Cobarde a 25 de Novembro de 2005 às 06:00
oiiii
obrigada pelas palavras de carinho deixadas em meu cantinho,seus poemas continuam me encantando...
Amigos são carinhos que
recebemos sem data marcada.
Estão sempre presentes.
Amigos comunicam-se pelo
coração. Amigos sentem. Amigos pressentem. Procuram-nos sem motivo, apenas para saber se estamos bem. Podem usar e-mail, telefone, carta, fax, mas o que prevalece é a voz da alma.
Amigos não perguntam por que nos
machucamos. Trazem o alento para
amenizar a nossa dor. Amigos
percorrem nossa estrada aparando espinhos. Aceitam-nos como somos, virtuosos ou imperfeitos. Somos seu complemento, jamais seu espelho.
Amigos nos dão força quando estamos
desvalidos. Amigos oferecem seu
ombro para chorarmos.
são pedras preciosas, tesouros que habitam em nosso ser mais profundo, são irmãos de alma, inestimável presente de Deus
Beijos no seu coração!!! tuxa
(http://tuxa.zip.net)
(mailto:tuxinha@hotmail.com)

Ah sim? Pois escreve aqui

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds