Quarta-feira, 9 de Novembro de 2005

Desejo e Ternura

Tu e a tua maliciosa candura
De menina sábia tão mulher
És o que todo o homem quer
E eu te desejo com ternura

Desejo que nasce nesse gritinho
Que me soltas tão feminina
Tão fêmea, tão boa, tão felina
E que no meu corpo adivinho

E provocas-me a insanidade
A minha mais recôndita maldade
E vou-me a ti tão alienado

Como alienada fica esta cidade
Quando num êxtase de um fado
Canta ao Tejo o seu amado!


Poema escrito a 9 de Novembro de 2005
publicado por Paulo César às 09:58
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|
3 comentários:
De Cobarde a 9 de Novembro de 2005 às 16:10
Estás completamentamente doidinho de amor...........................
...............................
Lábios colados, na voragem do amor,
corpos colados despertando emoções...
é o amor, com muito calor,
acendendo corações.
É amor... é ternura... é carinho.
É a explosão do amor, do desejo, da paixão,
que vem chegando devagarinho,
e termina numa grande explosão...
Sente-se chegar ao alto...
beijo que causa sobressalto...
corpos que não se separam...
mãos que sem cessar se tocam...
carinhos incessantes... amor sem fim
até o prazer explodir, e enfim...
os corpos cansados, suados,
ficam quietos... largados.
Permanecem abraçados...
Apaixonados...E assim é o amor!!!Ana Luar
(http://aromademulher.blogs.sapo.pt/)
(mailto:luar_zita@msn.com)
De Cobarde a 9 de Novembro de 2005 às 12:19
ai mulheres....
Bem diz o povo k a mulher e o vinho tiram o homem do seu juizo!
Então quando mete amor e desejo pelo meio!
gosto de te ver feliz...Colibri
(http://colibri.blogs.sapo.pt)
(mailto:castrozita@hotmail.com)
De Cobarde a 9 de Novembro de 2005 às 10:53
Desde quando essa alienação é maldade Paulo? Se é mutua...quando muito é "pecado"! BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)

Ah sim? Pois escreve aqui

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds