Quinta-feira, 27 de Outubro de 2005

Eclipse de ti


eclipsedeti.jpg


(Imagem recolhida na Internet)


Eclipse de ti


 


Esta noite vou-te eclipsar aos olhos da lua


Cobrindo teu corpo com o meu corpo nu


E assim a lua nunca saberá que tu


Vieste até aqui namorar à minha rua


 


Beijar-te-ei sem que ninguém nos veja


No doce segredo de apenas  nós os dois


Para me entregar por inteiro a ti depois


E a bela Lua por não ver não terá inveja


 


Será o teu eclipse até aos olhos de Deus


E de todos os magos duendes e ateus


Num abraço ardente da minha paixão


 


Comungarás de todos os sonhos meus


Será em exclusivo teu meu coração


E a lua para chorar nunca terá razão.


 


Poema escrito a 27 de Outubro de 2005



 
publicado por Paulo César às 10:26
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|
6 comentários:
De Cobarde a 28 de Outubro de 2005 às 01:58
Obrigado pelas visitas,Paulo,e tenho a dizer-te que não brincas em serviço! Gosto muito de ler palavras que transmitam pessoas e não tenho qualquer dúvida que o que li aqui é escrito com muita alma! Grande abraço!Tino
(http://lostwordsite.blogspot.com/)
(mailto:aamaro@sapo.pt)
De Cobarde a 27 de Outubro de 2005 às 20:55
Ola. Simplesmente lindo. Fiquei sem palavras. Perguntei de onde era a imagem porque me faz lembrar muito a minha cidade. Beijinhos. AK
(http://anjodourado.blogs.sapo.pt)
(mailto:angelkalee@hotmail.com)
De Cobarde a 27 de Outubro de 2005 às 19:45
Palavras simples,que nos dão a entender todo o amor, ternura e paixão que é sentido.
Normalmente quem escreve costuma usar grandes metaforas,que por vezes me deixam baralhada com o que querem dizer.Aqui não,leio e entendo o que queres passar.
Gosto do teu estilo de escrita.
Beijinhoskaldinhas
(http://kaldinhas1.blogs.sapo.pt)
(mailto:kaldinhas@sapo.pt)
De Cobarde a 27 de Outubro de 2005 às 12:42
Querido Paulo, vais pensar que não tenho imaginação ou que simplesmente passo por aqui para retribuir as tuas visitas, mas não! Quando entro aqui, para começar sinto-me em casa, isto porque tens no teu template uma bela imagem da Madeira. Outro motivo porque não consigo encontrar palavras para os teus poemas é porque, de facto, não há palavras, fico perdida no meio de tudo isto que passas para aqui, e nunca sei o que dizer. Deixo então um beijo na alma.maggie
(http://undressmysoul.blogs.sapo.pt)
(mailto:undressed@sapo.pt)
De Cobarde a 27 de Outubro de 2005 às 12:08
ECLIPSE TOTAL NA EXPLOSÃO ENTRE DOIS SERES QUE SE QUEREM COM UMA IMENSA PAIXÃO .BELO ECLIPSE ESTE!!! BJS.katy
</a>
(mailto:katy.silva@mail.pt)
De Cobarde a 27 de Outubro de 2005 às 11:07
Eclipse Total de quem Ama! Belo poema Paulo! BeijoMaria Papoila
(http://apapoila.blogs.sapo.pt)
(mailto:msantosilva@sapo.pt)

Ah sim? Pois escreve aqui

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O GUARDA-CHUVA MÁGICO

. Noite II

. BOAS NOTÍCIAS

. Terra Soalheira - CONVITE...

. O MEU ADEUS A ARMANDO SEV...

. EM LISBOA SOU FELIZ!!!

. Aprendendo com a Vida

. Manhã de Outono

. Alegria

. OBRIGADO A QUEM?

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds