dezembro 18, 2005

O Natal e o Circo

circo.JPG


O Natal e o Circo


 


Não há Natal sem o Circo na cidade


Com seus palhaços e seus trapezistas


Ginastas, animais e seus malabaristas


Para nossa grande felicidade


 


Nele há focas e cavalos amestrados


Equilibristas e a orquestra que toca


Um palhaço que toma grande banhoca


Em gestos tontos e desastrados


 


Luzes, música, palmas e gargalhadas


Festa colorida das mais de mil risadas


Na tenda mágica que veio no Natal


 


Pipocas e nuvens doces são compradas


Que sabem tão bem e não fazem mal


Nesta Festa para os garotos tão especial


 


Poema escrito a 18 de Dezembro de 2005


 

Posted by paulocesarnunes at dezembro 18, 2005 04:33 PM
Comments
O Circo no Coliseu com todos os primos era a festa! Só que a Papoilita tinha de tapar os olhos com os trapezistas que o faziam sem rede e cintos quando era pequena e o mano com as feras porque não podia ver o chicote do domador... Os elefantes eram uma paródia! E os palhaços um enacanto. Beijo Posted by: Maria Papoila at dezembro 18, 2005 09:39 PM
ehehe ta giro o poema :) Eu fui pela primeira vez ao circo à pouco tempo, à já com 17anos, o meu mano é que teve sorte foi logo em pequenino, tinha 3anitos axo, foi no mesmo dia, mas confesso que fiquei um pouco decepcionada, o circo foi akele do vitor hugo cardinali, akele que vemos na tv todo bonito, mas lá não estava assim, e o bilhete até foi um pouco para o caro, fiquei um pouco decepcionada, mas também foi bom, vimos leões, elefantes mesmo à nossa frente lool trapezistas, malabaristas e claro está, os palhaços ehehe feliz natal!! Posted by: snow at dezembro 19, 2005 12:24 AM
Inspiraste-te no programa do Hermann? Boa semana! Posted by: PDivulg at dezembro 19, 2005 08:51 AM
Bom dia Paulo...bem eu não vejo ao teu cantinho só pela musica (até me fizeste sentir mazinha com o que eu disse)...Obvio que o motivo principal são as tuas palavras o teu sentir...claro está que para mim ler os teus poemas as tuas palavras ao som da musica faz-me sentir as palavras de uma outra forma...* Será que o circo animou só os miúdos??? ;) ** Um excelente dia para ti Paulo (poeta) ** Posted by: oteudoceolhar at dezembro 19, 2005 10:51 AM
..Não gosto do circo... nao gosto daqueles paljaços que choram por dentro sorrindo para nós... e os animais, esses coitados. obrigados a agradar a um bando de crianças mimadas..... desde os meus 9/10 anos que não gosto de ir ao circo.... revolta-me ver os pobres animais.... revolta-me.... Posted by: colibri at dezembro 19, 2005 11:47 AM
Muito legal o q vc mostra, a magia do circo com o Natal, esse poema ficou mágico, muito bom mesmo meu amigo te desejo uma linda semana natalina abraços Posted by: taliesin at dezembro 19, 2005 12:55 PM
O circo é um espectáculo que se associa automaticamente à época de natal. Não posso deixar de recordar com nostalgia as vezes que fui ao circo e me entusiasmei e alegrei com todas as cores e luzes e me delciei com pipoquinhas e algodão doces. beijos na tua soul*** boa semana*** Posted by: Paula at dezembro 19, 2005 02:09 PM
O circo e o Natal! O circo e as crianças! Eu quero ser criança sempre...cultivar essa qualidade, essa meninice dentro de mim, e ir ao circo, gargalhar com os palhaços...suspender a respiração com os trapezistas...viva a magia do circo. 1 beijinho encantado pela magia circense Posted by: Elsita at dezembro 20, 2005 05:09 PM
Comentário









Lembrar-se de mim?