Segunda-feira, 6 de Agosto de 2007

Os Olhos do Meu Amor

Os Olhos do Meu Amor

 

São vivos e atentos a tudo

Os olhos lindos do Meu Amor

Ressaltam da face em rubor

No seu doce Olhar de Veludo!

 

Sorriem por tudo e por nada

E são sérios de vez em quando

Os olhos de quem vive amando

Namoram-me negros pela calada!

 

Os olhos do Meu Amor, castanhos

Vivos de um brilho inteligente

Fazem-me ficar tão impaciente

 

que dou-lhes beijos ternos tamanhos

a esse dois cristais castanhos

que são a razão de ser tão demente!

 

 

6 de Agosto de 2007

tags:
publicado por Paulo César às 17:22
link do post | Ora diz Lá de tua Justiça | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Os Olhos do Meu Amor

.arquivos

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.tags

. todas as tags

.Os Meus Queridos Amigos

blogs SAPO

.subscrever feeds